Doctor Who: Mortalha Da Lamentação

Hey amigos, tudo bom?

Quem acompanha o blog sabe que uma das minhas séries favoritas é Doctor Who. Essa é uma série que vai além das telas, uma dos meios mais legais de conhecer melhor esse universo são os livros e Mortalha da Lamentação foi um dos meus favoritos.

SAM_2178.jpg

É o dia seguinte ao assassinato de John F. Kennedy – e o rosto de pessoas  mortas começa a aparecer por toda parte. O guarda Reg Cranfield vê o pai na névoa densa ao longo da estrada Totter Lane. A repórter Mae Callon vê a vô em uma mancha de café na mesa de trabalho. O agente especial do FBI Warren Skeet se depara com seu parceiro falecido há muitos anos olhando para ele através das gotas de chuva no vidro da janela.

Então os rostos começam a falar e gritar. São as Mortalhas, que se alimentam da tristeza alheia, atacando a Terra. Será que o Doutor conseguirá superar o próprio luto para salvar a humanidade?

Como diz a sinopse, após o assassinato do Presidente americano John F. Kennedy o mundo está sensível, e as Mortalhas aproveitam essa tristeza coletiva para invadir o planeta. As pessoas começam a ver rostos de pessoas que morreram em manchas, esses rostos começam a culpar a pessoa viva pela sua morte, mesmo que não exista culpa nenhuma, isso começa a consumir as pessoas e aos poucos as Mortalhas vão dominando o planeta. Em alguns momentos você acha que as coisas estão se resolvendo, e vem um plot twist e mexe com tudo.

O livro é cheio de ação, emoção e ainda é divertido. As emoções são o foco desse livro, a tristeza é o alimento, e quando toda essa tristeza é removida sobra espaço para outra emoção se desenvolver, mas será que isso é bom?

Peguei esse livro para ler após uma grande ressaca literária, bom, no segundo capitulo eu já estava super curiosa, pois de tempos em tempos eu também vejo rostos em madeira e manchas, então rolou uma leve identificação. Eu já li alguns dos livros da série Doctor Who, mas esse foi o que eu mais gostaria de ter visto na TV, você é jogado no meio da ação e depois as coisas vão se explicando. O único ponto negativo para mim foi a forma que a Clara foi representada, as vezes eu até esquecia que era ela. Em compensação o Doutor ficou bem verossímil para mim.

A aventura se passa no dia 23 de novembro de 1963, que foi o dia em que o primeiro episódio de Doctor Who foi ar na BBC, o livro também é cheio de referencias ao antigos companheiros do Doutor. Diferente do 12 Doutore, 12 Histórias, eu não recomendo esse livro pra quem não conhece nada do universo de Doctor Who, pois tudo pode ficar muito confuso.

Mortalha da Lamentação foi escrito pelo inglês Tommy Donbavand, autor, ator, dramaturgo, ex-palhaço e fã de Doctor Who.

Lojas on line para comprar o livro Mortalha da Lamentação:

Você gosta de Doctor Who? Já leu a Mortalha da Lamentação?

Beijos e até a próxima

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s